Estação de Trem – Jardim Primavera

JARDIM PRIMAVERA
Município de Duque de Caxias, RJ
Linha do Norte – km 31,800 (1960) RJ-4213
Altitude: 4 m Inauguração: n/d
Uso atual: estação de trens metropolitanos com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d

Vista da Estação de Jardim Primavera
Vista da Estação de Jardim Primavera

HISTORICO DA LINHA: A linha que unia o centro do Rio de Janeiro a Petrópolis e Três Rios foi construída por empresas diferentes em tempos diferentes. Uma pequena parte dela é a mais antiga do Brasil, construída pelo Barão de Mauá em 1854 e que unia o porto de Mauá (Guia de Pacobaíba) à estação de R aiz da Serra (Vila Inhomerim). O trecho entre esta última e a estação de Piabetá foi incorporada pela E. F. Príncipe do Grão Pará, que construiu o prolongamento até Petrópolis e Areal entre os anos de 1883 e 1886. Finalmente a estação de Areal foi unida à de Três Rios em 1900, já pela Leopoldina. Finalmente, o trecho entre o a estação de São Francisco Xavier, na Central do Brasil, e Piabetá foi entregue entre 1886 e 1888 pela chamada E. F. Norte, que neste último ano foi comprada pela R. J. Northern Railway. Finalmente, em 1890, a linha toda passou para o controle da Leopoldina. Em 1926 a linha foi estendida finalmente até a estação de Barão de Mauá, aberta nesse ano, eliminando-se a baldeação em São Francisco Xavier. O trecho entre Vila Inhomerim e Três Rios foi suprimido em 5 de novembro de 1964. Segue operando para trens metropolitanos todo o trecho entre o centro do Rio de Janeiro e Vila Inhomerim.

Estação de Jardim Primavera nos anos de 1980
Estação de Jardim Primavera nos anos de 1980

A ESTAÇÃO: A estação de Jardim Primavera não tem data de inauguração conhecida por mim. Sabe-se que já existia em 1960. O prédio original ainda era utilizado normalmente até por volta de 1990.

Estação de Jardim Primavera em Construção (sem data)
Estação de Jardim Primavera em Construção (sem data)

Na foto  podemos ver que a plataforma ainda é de rampa, mas posteriormente foi modificada para uma plataforma sem rampa e construída uma passarela para os passageiros atravessarem de um lado para o outro da estação. Depois foi cercada e foram construídos “mata burros” no início e no fim da estação para que os passageiros pagassem a passagem no guichê, obra feita pela Rede Ferroviária Federal. Nos anos 1990, com a chegada do trem elétrico, a estação antiga infelizmente foi demolida, dando lugar a uma estação “padrão Supervia” mais moderna. Parece ter sido sempre estação de subúrbios; se isto é verdadeiro, ela é posterior a 1935, quando foram introduzidos esses trens no trecho entre Duque de Caxias e Vila Inhomerim.

Jardim Primavera nos anos de 1980(estação ao fundo)
Jardim Primavera nos anos de 1980(estação ao fundo)

(Fontes: Gilson F. Subtil; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa – acervo R. M. Giesbrecht)

Fonte: http://www.estacoesferroviarias.com.br/efl_rj_petropolis/jdprimavera.htm

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *